O fim do mundo e o espiritismo

A visão espírita sobre o fim do mundo e o real significado do apocalipse

Antes de falarmos o que o fim do mundo e o espiritismo têm em comum, vamos explicar a origem sobre o fim do mundo. Tudo o que se fala hoje sobre o apocalipse é tirado, em sua maioria, do livro do Apocalipse escrito por João, enquanto este estava exilado na ilha de Patmo na Grécia. Como à época São João de Patmo já estava bem velho, suas visões foram transmitidas a escribas, que então as passaram para os papéis. Sendo assim, é importante levar em conta que o que esta escrito não é exatamente o que João viu e sim o que os escribas conseguiram interpretar do que ele narrou. Quando ele fala, por exemplo, que as estrelas cairão dos céus, ele poderia estar descrevendo misseis balísticos intercontinentais (ICBMs) contendo ogivas nucleares.

Considerado por muitos como o último apóstolo de Jesus a morrer, São João foi escolhido (assim como Nostradamus quase mil e quinhentos anos depois) pelo divino para avistar como seria o fim e então relatar aos seres humanos.

Explicado toda a origem do fim do mundo, vamos agora à visão espirita sobre o apocalipse. Allan Kardec dedicou um capítulo inteiro no livro A Gênese (link para comprar) ao esclarecimento do que acontecerá de fato quando o apocalipse chegar.

Antes de começarmos, é importante deixar de lado a visão de Hollywood do apocalipse. A Doutrina Espírita diz que, o fim do mundo não significa que viveremos enchentes, terremotos, chuva de fogo e muito menos um ataque de meteoros ou de alienígenas.

O fim do mundo segundo o espiritismo

O espiritismo diz que a Terra não é o único mundo existente e que existem outros planetas, que não são visíveis aos humanos por estarem em outras frequências (ou dimensões). A terra é habitada por espíritos que estão tentando evoluir, enquanto os outros planetas são habitados por espíritos em outros estágios de evolução.

De acordo com o que foi passado por diversos espíritos, entre eles Emmanuel, que se comunicava com Chico Xavier, o que conhecemos como fim do mundo na verdade é uma transição que ocorrerá no planeta terra. Atualmente a terra é um planeta considerado de expiação e de prova, onde os seres humanos vivem para evoluir e se redimir do mal. Sendo assim, o fim do mundo na verdade seria a transformação da terra em um planeta de regeneração.

Segundo o espírito Emmanuel através da mediunidade de Chico Xavier, nós já estamos na transição, ou seja, já estamos vivendo o apocalipse. Esse estágio de mudança de energia, passar da expiação para a regeneração, acarreta uma limpeza do nosso planeta (sugestão de leitura: Planeta Terra em Transição). É por isso que estamos vendo um surto de violência, mães matando filhos, pessoas assassinando por pouco dinheiro e coisas do gênero. Espíritos baixos estão reencarnando para ter uma última chance de evoluir, de passar para a luz, que está triunfando (sugestão de leitura: O Fim do Mundo). Uma prova disso é o conflito na Síria onde ao invés de escalar para uma terceira guerra mundial, Russia e os Estados Unidos se entenderam em um caminho de paz.

Sendo assim, nós todos somos promotores dessa mudança energética na terra. Faça o bem, pense o bem e transmita o bem (sugestão de leitura: Mudando Para Melhor). Cada um de nós precisa agir como um diapasão, propagando a energia positiva na terra.

O fim do mundo nada mais é que a realocação dos espíritos menos evoluídos para outros planos e a herança da Terra pelos espíritos mais evoluídos (sugestão de leitura: A Batalha Final). Você está de qual lado da balança?

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

13 Comments

  1. Egnaldo Junior

    E os espíritos que não conseguirem evoluir a tempo? Eles não poderiam passar para o próximo planeta pois estarem pouco evoluídos?

  2. Emerson

    Sábia explicação e bem verdadeira.

  3. Maria Regina da Silva Pimentel

    Achei ótima a explanação feita e é realmente isso que está ocorrendo, ou seja, a mudança do estágio de provas e expiações para o de regeneração, onde ainda haverá o mal, porém não de forma predominante; compete a cada um de nós, através de nosso pensamento elevado, emitindo energias positivas, melhorar o ambiente onde vivemos. É através do amor que o mal vai sendo vencido e foi juntamente isso que Jesus veio ensinar e que a Doutrina dos Espíritos, através do Espírito de Verdade veio ratificar.

  4. Maria Regina da Silva Pimentel

    Comentário já feito e enviado há pouco!

  5. Sonia Maria Lacerda

    Concordo com as revelações espiritas.

  6. Carolina Serafim de Freitas

    Gostei da explicação!

  7. Ricardo Azevedo Scricco

    Tem expositores espíritas que estão de forma equivocada falando do apocalipse como
    um movimento arrasador na Terra que avassalará 2/3 da população, aproximação do
    planeta X que vai determinar mudança radical no eixo da Terra, terremotos, maremotos, etc.. . Ontem no Centro Espírita eu disse: calma gente, vamos ler a Genese , pois na lá no Capítulo XVIII, está bem explicado que a mudança na Terra será de ordem moral e não material e já está ocorrendo da forma dita naquele Livro escrito a 150 anos. Cabe referir, sem referir que um expositor ministrando uma aula disse aquelas coisas, aí eu perguntei à Turma: ” Em quem acreditar: No Apocalipse do João, em Nostradamus, em Ramatís, no expositor espírita ou no Livro da Genese?

  8. Alex Tomich

    Testando envio…

  9. Alex Tomich

    Caro Ricardo Azevedo Scricco , em quem acreditar, em Gênese ou em Jesus Cristo e seus apóstolos??? Jesus falou claramente sobre o fim do mundo (o velho mundo), quando seus apóstolos perguntaram… E ele disse que no fim acontecerão muitas guerras e rumores de guerras (ao mesmo tempo, certamente)… E seu apóstolo João, em Apocalipse, disse que ocorrerá o maior terremoto como nunca houve igual, é que cairá um grande corpo celeste na Terra, chamado “a estrela de absinto”… Ora, podemos ver claramente , então, que cairá um grande asteróide e ele causará o maior terremoto como nunca houve igual, após uma grande guerra…. E só podemos concluir que se trata da próxima grande guerra. A terceira guerra mundial… Muitos no mundo ainda temos graves pecados, falhas, dívidas, que certamente serão resgatados (total ou em parte) através desses terríveis acontecimentos…. Caso contrário, se as mudanças forem suaves, como os muitos que tem muitas dívidas saldarão suas grandes dividas ???… Enfim , creio em Jesus Cristo, no Novo Testamento, mais do que qualquer outra parte da Bíblia….

  10. adalberto silva

    A minha crença tem como foco o espiritualismo universalista.
    Inobstante, vejo como excelente a visão espírita sobre o assunto, muito embora refira-se a uma possível ocorrência futura, apenas, sob a ótica da Bíblia, livro cristão que, como outros da espécie, merece o meu mais alto respeito.
    Ora, apocalipse outros já ocorreram através da história, como a destruição de Sodoma e Gomorra; o dilúvio bíblico ocorrido na região do oriente médio, apenas, porque civilizações como a egípcia, chinesa e indu, por exemplo, não foram atingidas por esse fenômeno; a queda da Babilônia: do impérios persa, grego, romano; a peste bubônica;
    a 1ª e 2ª guerras mundiais, os tsunames, etc.
    Como bem bem lembra o irmão Ricardo Scricco , a mudança da terra será de ordem moral e não material, e, para esse fim, há milhares de anos isso já vem ocorrendo, basta reportar-se ao conteúdo do parágrafo anterior, sem deixar de raciocinar em relação ao mesmo que, há milhões ou mais anos, vem acontecendo nos bilhões de planetas da nossa faixa de desenvolvimento, existentes por esse universo afora (não acredita, pois, vejam só: o telescópio Hubble já detectou, até agora, a existência de 15 bilhões, 15 bilhões mesmo, de galáxias).

  11. Veronics

    Obrigada pela explicação.

Trackbacks & Pingbacks

  1. Presença espírita na bíblia: o que dizer do apocalipse? - TV Mundo Maior
  2. O que o Espírita o tem a dizer do apocalipse? - TV Mundo Maior

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).