A Prática do Evangelho no Lar

Marcado: , , , ,

 

jesus_lar

Por ser o lar um lugar tão importante em nossas vidas é fundamental levar proteção e paz para seu interior para que possamos nos sentir bem. A prática do Evangelho no Lar é uma forma simples e especial de criar um ambiente mais harmonizado e equilibrado. Conforme as palavras do Cristo: “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estarei no meio deles” (Mateus 18:20).

Nossa casa não significa apenas o lugar onde moramos, mas onde vivemos e dividimos experiências cotidianas junto aos nossos familiares, ou até sozinhos fisicamente, o lugar para o qual podemos retornar e reabastecer nossas energias após um dia de trabalho ou de outras atividades.

Além da estrutura física de uma casa, possível de se enxergar aos olhos materiais, existe um campo invisível energético ao redor, construído a partir dos pensamentos daqueles que ali vivem, compartilhando essas vibrações com espíritos que sintonizam em frequências semelhantes, ou seja, que tenham afinidade moral.

Por esse motivo a importância de buscar o equilíbrio interior e uma relação de paz com os familiares em casa, buscando superar desentendimentos e barreiras que possam existir entre pais e filhos, irmãos e cônjuges.

Mas como iluminar o ambiente familiar, iniciando o aprendizado instrutivo do Evangelho no Lar? Eis a dúvida de muitas pessoas. O desejo dessa transformação representa o primeiro passo.

Há relatos que a primeira prática do Evangelho no Lar foi realizada pelo próprio Jesus, na casa de Simão Pedro, levando os presentes a refletirem que só seria possível viver em paz fora do lar, se conseguissem primeiro viver em harmonia no próprio lar, juntos aos mais próximos.

Seguir um pequeno roteiro para o culto do evangelho no lar pode ajudar a estabelecer uma rotina para a prática.

Escolha um dia e horário da semana para o estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo; faça uma prece inicial, na sequência a leitura de um pequeno trecho e abra para comentários entre os presentes, mesmo se estiver sozinho, fale em voz alta para que os espíritos presentes possam ouvir também os ensinamentos de Jesus. Compartilhe as energias de luz com aqueles que ama, os que passam por sofrimentos e dores, vibrando por toda humanidade e por último finalize com uma prece de encerramento, agradecendo pela oportunidade e que na próxima semana possam se reunir novamente.

Se desejar se aprofundar na Prática do Evangelho no Lar e tirar outras dúvidas relacionadas ao tema, bem como iniciar seus estudos, sugerimos

Evangelho no Lar- Onde, Como e Por que

Evangelho Segundo o Espiritismo

 

E como devemos proceder com as crianças durante o evangelho?

 

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).