O que é reencarnação

Marcado: , ,

 

O que é reencarnação

O que é reencarnação?

A reencarnação é o retorno do espírito ao corpo físico, é o ato de nascer novamente em um novo corpo.

Importante esclarecer também uma confusão que sempre acontece. Existe uma grande diferença entre os termos reencarnação e ressurreição. Como dito anteriormente, reencarnar é nascer novamente em um novo corpo como explica a Doutrina Espírita. Enquanto o termo ressurreição significa ressurgir, ressuscitar no mesmo corpo físico como acreditam algumas religiões.

O espiritismo não acredita na morte e sim na vida. Para o espírita, após o falecimento, apenas o corpo se vai, mas o espírito eterno e imortal continua e este renasce por meio da reencarnação.

Existem muitos detalhes que envolvem esse retorno ao novo corpo material, desde a forma do reencarne, tempo de retorno e necessidade de cada espírito em seu processo evolutivo.

O que é reencarnação na visão espírita

Esclarece a questão 167 de O Livro dos Espíritos: Qual a finalidade da reencarnação? “Expiação, melhoramento progressivo da Humanidade. Sem isso, onde estaria a justiça?”

Em concordância com a lei de progresso, a reencarnação é oportunidade dada por Deus para que as pessoas possam se redimir de seus erros, alcançando assim a evolução.

Ao renascermos temos oportunidades de diferentes experiências, sem nos lembrar temporariamente das vidas passadas é mais um sinal do amor de Deus. Ajudar a alguém que nos é querido é mais fácil e simples, ajudar aqueles que não temos tanta afinidade é mais difícil e requer amor ao próximo, um dos ensinamentos básicos deixados por Jesus. Fazer duas pessoas que se odiavam em outras vidas nascerem na mesma família é uma forma simples e humana de mostrar que temos todos algo em comum a superar. O erro passa, o amor sempre continua. É o que explica a questão 171 de O Livro dos Espíritos: “Sobre a justiça de Deus e a revelação, pois não nos cansamos de repetir: um bom pai deixa sempre aos filhos uma porta aberta ao arrependimento. A razão não diz que seria injusto privar para sempre da felicidade eterna daqueles cujo melhoramento não dependeu deles mesmos? Todos os homens não são filhos de Deus? Somente entre os homens egoístas é que se encontram a iniquidade, o ódio implacável e os castigos sem perdão.”

Sob a luz do espiritismo entendemos que o acaso não existe, para que possamos vivenciar novas experiências em uma nova encarnação que depende da evolução e grau de merecimento do ser reencarnante, existe um planejamento e orientação por parte dos espíritos responsáveis por preparar todo o processo de reencarnação, como nos elucida o espírito André Luiz pela psicografia de Chico Xavier em uma de suas obras, Missionários da Luz.

Sem esquecer que há também muitos casos de reencarnações compulsórias, que ocorrem de forma automática devido a urgente necessidade de retorno do espírito ao plano material, de acordo com o merecimento do espírito e permissão do plano espiritual.

E assim dentre idas e vindas à matéria vamos burilando nosso espírito enquanto for necessário. Estudando a reencarnação, definiu Allan Kardec a respeito na Revista Espírita de fevereiro de 1864: “A reencarnação é necessária enquanto a matéria domina o Espírito. Mas, a partir do momento em que o Espírito encarnado chegou a dominar a matéria e a anular os efeitos de sua reação sobre o moral, a reencarnação não tem mais nenhuma utilidade nem razão de ser. Com efeito, o corpo é necessário ao Espírito para o trabalho progressivo até que, tendo chegado a manejar esse instrumento à vontade, a lhe imprimir a sua vontade, o trabalho está concluído. Então lhe é necessário outro campo para a sua marcha, para o seu adiantamento no rumo do infinito”.

Para finalizar, sugerimos a leitura de três livros interessantíssimos para entendermos melhor o que é reencarnação:

Nunca é Tarde Para Recomeçar – Roberta Teixeira da Silva: No início do século XX, Joana e Heber vivem um lindo romance. Ainda jovens, planejam uma trajetória de amor e paz. Mas Joana desencarna, vítima da gripe espanhola, e Heber sofre um duro golpe em sua vida.

DVD Fenomenologia da Reencarnação e Fisiopatologia – Dr. Sérgio Felipe:  A reencarnação, suas perspectivas e os aspectos gerais envolvidos. A visão da ciência e da religião, os diferentes pontos de vista a respeito da existência e do processo evolutivo.

Marcados Pelo Passado – O Amor Foi Mais Forte – Lourdes Carolina Gagete: O entrelaçar de um história intrigante com muitos sentimentos envolvidos,uma narrativa envolvente que trata de temas como aborto, obsessão, a dinâmica da reencarnação, a lei de causa e efeito e a importância de de

A Reencarnação sem Mistérios – José Carlos de Camargo: O dicionário Houaiss define reencarnação como: ter (o espírito) nova existência terrena. Definição corretíssima, porque demonstra que as oportunidades são infinitas na lei divina, não só para a reparação dos erros cometidos em uma existência, mas também para proporcionar ao Espírito sua evolução, conforme determinação divina.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

14 Comments

  1. eduarda

    Eu adorei o site !pois tem muitos artigos interessantes

  2. maria jose pereira

    Temho um filho adotivo, ele tem hoje 24 anos, nosso relacionamento nunca foi bom, ele veio recem nascido pra nosso lar, quando ele se entendeu por gente foi se tornando arredio, distante, nao gostava de carinho, e nao dava carinho. Muito indiferente a tudo e a todos, tinha brigas horriveis com ele, e ainda tenho, so que agora ele mora com a esposa, e se afastou totalmente de nos, sempre estou cobrando carinho, atencao dele, mas ele nao liga. quando estamos perto eh dificil o dialogo, a impressao que da eh que ele se sente mal perto da gente, ele nao conversa nunca com a gente, nem pergunta como estamos, mesmo se estiver doente. ele simplesmente nos ingnora, somos a unica familia dele aqui, mas ele nao vem nos visitar nunca, eu convido as vezes mas nunca da certo, raramente almocamos um domingo juntos, mas mal conversa com a gente. gostaria de saber o que pode ser isso, como posso tocar o coracao dele, faco de tudo pra nao brigar, pra ser uma mae compreensiva, ignoro as atitudes de ingratidao, e desprezo dele. O que devo fazer?

  3. Madalena. [email protected] com

    De fato é doloroso. Mas o silêncio é um bálsamo que o tempo nos oferece. Ele ainda não amadureceu como pessoa para chegar pelo menos de longe no amor que Jesus de Nazaré ensinou. Mas com a mesma sorte será avaliado pelas mãos do Criador em desconsiderar tamanho amor desprendido por um ventre materno, além do descumprimento do manda mente Honrarad teu pai e tua mãe.
    Continue fazendo teu papel de progenitora e verás que neste planeta nada ficará pedra sobre pedra sem passar pelos Tribunais Divinos.

  4. Vera Lúcia Corrêa

    Boa noite. Impressionante tenho um filho adotivo ele veio com quinze dias para a nossa casa, sempre tratamos com muito carinho e amor, sempre teve de tudo estudou, é formado em direito, mas ele nunca se aproxima de nós sem que precise de dinheiro, ele trata a mim e ao meu marido como se fossemos um caixa eletrônico. Penso todos os dias onde erramos? O que fazer? Como resgatar? É muito triste. Por favor precisamos de numa luz. Obrigada.

  5. Ana Cláudia Marinho

    Tenho uma péssima relação com a minha mãe desde os meus 17 anos. Hoje tenho 37 e não nos falamos há três anos. Da minha parte procurei ser uma boa filha, mas sempre ouvi críticas, palavras amargas até o ponto que houve uma grande traição da arte dela comigo. Rompi.
    Hoje sou casada, tenho minha vida, meu trabalho.
    A impressão que tenho é que ela sente-se desafiada e incomodada com a minha presença. Eu nunca precisei dizer nem fazer e nada para que ela simplesmente começasse a brigar e até me xingar de coisas horríveis.
    Hoje aceitei a situação, depois de muito sofrimento. E acredito que seja algo espiritual.

    Ana Cláudia Marinho de Alencar.

  6. Abel Sanches Vieira

    Existe as leis de ação e reação que são aplicadas naturalmente para todos seres com conciencia.
    Cada um de nós nascemos em epocas diferentes, fomos criados simples e ignorantes e nem todos se esforçam para ser bom, evoluir e amar como Jesus ensinou. Todos nós estamos individados e aqui estamos para rsgatar. Quando encontramos adversidades em nosso caminho temos que prestar atenção se não um acerto que temos com essa pessoa que nos causa raiva, odio e falta de paciencia. Precisamos conhecer mais as leis, Plantio e colheita. Sempre vamos colher o que plantamos. Qual semente escolhi, boa ou ruim.

  7. Gilberto G Mazeto

    Eu ainda estou muito confuso entre reencarnação e ressurreição. Nasci no meio católico, aprendi que Jesus morreu na cruz para nos salvar e perdoar nossos pecados e que vai nos julgar mortos ou vivos no último dia, na sua última volta final. O novo testamento em João capítulo 11 dá um entendimento claro que Jesus falou em ressurreição , por isso fico confuso. Já participei de algumas sessões espíritas de psicografia de entes queridos desencarnados e é de arrepiar com o que o médium escreve , sem ele saber de nada, o desencarnado dita particularidades da sua vivência com a família quando em vida, que bate tudo o que diz, realmente é Divino. Hoje procuro saber mais sobre o espiritismo, pois vejo que tem fundamento. Mas, reiterando reencarnação e ressurreição dá um nó na cabeça da gente. Quero me aprofundar nesse conhecimento.

  8. João Paulo

    maria jose pereira
    14 de abril de 2017 @ 10:03 pm #
    Temho um filho adotivo, ele tem hoje 24 anos, nosso relacionamento nunca foi bom, ele veio recem nascido pra nosso lar, quando ele se entendeu por gente foi se tornando arredio, distante, nao gostava de carinho, e nao dava carinho. Muito indiferente a tudo e a todos, tinha brigas horriveis com ele, e ainda tenho, so que agora ele mora com a esposa, e se afastou totalmente de nos, sempre estou cobrando carinho, atencao dele, mas ele nao liga. quando estamos perto eh dificil o dialogo, a impressao que da eh que ele se sente mal perto da gente, ele nao conversa nunca com a gente, nem pergunta como estamos, mesmo se estiver doente. ele simplesmente nos ingnora, somos a unica familia dele aqui, mas ele nao vem nos visitar nunca, eu convido as vezes mas nunca da certo, raramente almocamos um domingo juntos, mas mal conversa com a gente. gostaria de saber o que pode ser isso, como posso tocar o coracao dele, faco de tudo pra nao brigar, pra ser uma mae compreensiva, ignoro as atitudes de ingratidao, e desprezo dele. O que devo fazer?

    Com o tempo talvez as coisas possam mudar. Mas existem os meios pelos quais, praticando, você colherá bons resultados. Primeiramente, o centro de sua vida não deve ser as pessoas – sejam elas quais forem: marido, filho, irmão, amigo. Não! Mas que seja Cristo o Centro de sua vida. Então, independente dos acontecimentos, você estará feliz, em paz, e justificada.

    Saiba que a indiferença por parte do seu filho, em relação a você, é resultado do desequilíbrio espiritual e racional que a Queda do homem –
    A destituição da Glória de Deus – trouxe ao mundo. Então é possível que a culpa não seja sua, e nem de erros cometidos por você em uma suposta encarnação passada. Não! O pecado está no homem, e todos fazem o uso dele, alguns de um modo mais grotesco, outros mais discretos, porém todosfazem o uso. É não é diferente com o seu filho; ele faz o uso do pecado dessa maneira ai que você descreveu – te desonrrando – e de outras maneiras, claro, pois todos nós somos uma máquina de fazer pecado – Mas graças a Jesus Cristo, quem n’Ele crê, pode se livrar da culpa do pecado, e obter a verdadeira evolução espiritual, que não vem através de reencarnações sem fim, mas de uma vida centrada na glória e alegria de Deus – que é a nossa força, em Cristo.
    Amém!
    Então, o certo seria você entregar sua vida a Jesus Cristo, e orar pedindo a Deus que o mesmo aconteça com o seu filho. Não vou descartar a possibilidade do seu filho se regenerar através de outros meios, diferentes dos quais estou te passando, mas no fim das contas, não será igual a o que Cristo pode fazer. Na verdade, o homem pode muito bem se resolver sozinho aqui no mundo; mas a alma é imortal – e só Cristo pode salvá-la.

    Quanto ao que você deve fazer externamente, leia a bíblia e peça que o Espírito Santo te dê entendimento para compreender aquilo que você não conseguir entender. Leia Efesios capítulo 6 – Leia todo o novo testamento! Procure a orientação de alguns pastores na internet através de vídeos ou textos. Aqui estão os pastores que eu confio como bons pregadores da Palavra: Mário Persona e Paulo Junior (igreja aliança do Calvário). Que Deus te abençoee te leve até a Cristo e te ajude em seu problema. Amém!

  9. Juliana

    Eu nasci a 16 anos e tenho uma tia falecida a 17 anos
    Todos dizem que eu me pareço muito com ela em atitudes e modos de falar, ela brigava muito com minha vó (mae dela) e eu tbm …
    Ela foi estrupada por um homem e desde q nasci tenho sonhos e medos de ser estrupada
    Eu posso ser uma reencarnacao dela ?

  10. Rebeca Queiroz

    Oi, minha mãe faleceu de câncer no pulmão, assim que ela faleceu eu descobri minha gravidez, hoje minha filha tem ano e 9 meses. Sera que minha filha e a reencarnação da minha mãe?

  11. Wellington

    Por favor, me respondam.
    Me chamo Welligton. Tenho 20 anos e sempre me senti renegado pela minha família. Na verdade, sempre fui. Mas ultimamente tenho sonhado com uma cidade. Sonhei indo fazer faculdade lá e eu nunca nem tinha ouvido falar nessa cidade. Nem o estado em que fica essa cidade me interessava; até que esses dias eu sonhei com este lugar e o sonho parecia real. Depois de Uns dois dias, não sei se por coincidência ou não. Eu estava procurando umas faculdades com alojamento e achei a cidade IGUAL a do meu sonho. A estrada… o auditório. Vi fotos de luma resposta iguais aos do meu sonho. Sempre senti que eu não sou parte de onde moro e que a minha vida não é aqui. Não é ingratidão, nem insatisfação, é uma intuição que tenho. Agora é como se eu devesse ir morar na cidade do sonho. Eu sinto como se tivesse uma vida pra viver lá. O que faço? O sonho é uma revelação?

  12. Suzane viana

    Eu sempre tive uma relação de amor de ódio com minha mãe, discutimos muito e nunca estamos bem se estamos em convivência de longe eu trato bem e tudo mas sei que se morar com ela é um desgaste emocional! :/ e hoje acredito que seja algo espiritual, ela é muito companheira e amiga dos meus irmãos mas sempre me renegou, e agora li que duas pessoas que se odiavam na vida passada podem nascer na mesma família só pensei nela.

  13. Andrezza Silva

    Minha mãe faleceu assassinada na frente dos 4 filhos.Já se passaram 26 anos,mas eu ainda sofri muito com sua partida. É possível sua reencarnação no corpo de algum dos meus filhos?
    Algumas amizades espíritas já me disseram q minha mãe me protege…

Trackbacks & Pingbacks

  1. Vantagens da Reencarnação para a Evolução do Espírito - TV Mundo Maior

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).