Superando Preconceitos

Marcado: , ,

superando-preconceitos

O preconceito ainda é um sentimento muito presente em nossa sociedade, que se manifesta de várias formas em relação a algo que se julga ser diferente ou foge aos padrões.  Em geral atitudes de intolerância e discriminação estão associadas ao preconceito, seja sua origem, racial, sexual, social ou religiosa. Muitas vezes, essa incompreensão pode se tornar ainda maior, se manifestando em forma de raiva e hostilidade.

Na contrapartida da rejeição, muitos movimentos tem se organizado ao longo do tempo, lutando pela conquista da igualdade e da liberdade, como forma de dizer não ao preconceito. Podemos lembrar como símbolo desse empenho  o dia nacional da consciência negra, celebrado em novembro, como representação da resistência do negro à escravidão.

Uma excelente ocasião para que possamos refletir sobre a importância da conscientização e combate a qualquer tipo de discriminação, não apenas o racial.  Afinal todos possuem o direito de expressão e é fundamental que exista o respeito pelas diferenças a partir de um olhar mais  generoso. Lembrando o grande ensinamento de Jesus: “Amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a si mesmo”.

Neste mandamento o Mestre chama a atenção para a importância do amor entre os homens como caminho para a harmonia. Como esclarece a Doutrina Espírita, dentro da Lei do Progresso, se reconhece uma civilização completa, por seu desenvolvimento moral. Em um mundo de paz, não existe espaço para a discriminação.

A Doutrina Espírita ainda nos apresenta recursos para uma reflexão profunda sobre a Justiça Divina, que por meio da reencarnação oferece inúmeras possibilidades de evolução ao espírito  através de diferentes experiências.  O que significa que poderemos reencarnar na posição daqueles que discriminamos anteriormente, sofrendo na própria pele o preconceito. É possível encontrar em inúmeras obras espíritas, casos que retratam exemplos nesse sentido.

A partir da compreensão desses fatos, muitas desavenças poderiam ser evitadas. “Pois com o critério com que julgardes sereis julgados; e com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.” – Jesus. (Mateus, 7:2.).

Para mergulhar neste tema abrangente, sugerimos os livros Um Amor Diferente “Nossas Escolhas”, O Amor Superando Preconceitos e o CD da Rádio Boa Nova Palavras que Limitam, Palavras que Libertam, de Marli Rodrigues.

 

 

 

 

 

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).