Traição e o espiritismo

traição e o espiritismo

Como já é de se esperar, a traição é extremamente negativa, tanto para a pessoa que trai mas também por quem é traído. A traição é a essência da quebra de confiança entre duas pessoas. Mas o que tem a ver a traição e o espiritismo? Vamos mostrar alguns exemplos das consequências desses atos.

Antes de tudo é preciso esclarecer que existem diversas formas de traição. É possível trair um marido ou uma esposa, uma namorada, um pai, um filho ou até mesmo um colega de trabalho. Como falamos acima, a traição é a quebra de confiança entre duas pessoas, ou até entre um grupo de pessoas, no caso de um ambiente familiar ou de trabalho. Para este texto, vamos ficar somente no caso da infidelidade conjugal.

A dor da traição é tão forte nas pessoas que ela pode perdurar mais de uma encarnação, gerando prejuízos de longo alcance. A literatura espírita está repleta de casos sobre o assunto, quando a dor e o prejuízo da traição ultrapassa a vida do infiel e impacta sua vida, e a da pessoa que foi traída, nas encarnações que estão por vir.

Normalmente a pessoa que traí o conjugue considera esse ato um pequeno deslize, um tropeço, mas é muito difícil para a pessoa traída superar este acontecimento. Algumas pessoas dizem que essa dor deriva do orgulho, mas ela também é muito ligada ao amor, e todos sabemos o quão forte e sagrado é este sentimento.

A chave para superar uma traição é o perdão, seja ele sucedido por uma nova chance ou pelo fim da relação. Perdoar é o primeiro passo para superar e seguir em frente.

Caso queiram ler mais sobre o assunto, recomendamos o clássico espírita Sexo e Destino, de André Luiz, e psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier, o Chico.

É interesse ao entendimento do assunto a leitura desta pergunta e sua resposta, publicados no portal Espirito.Org.Br:

21/03/2003 – Eu gostaria de saber porque nós homens somos tão alvejados no rumo a traição afetiva.

Pelo teor da sua pergunta, caro amigo, parece-nos que você está passando por uma desilusão amorosa. Não sabemos a sua idade, nem as suas condições civis, se casado, se solteiro. Contudo, a traição dói de todas as maneiras, quando é real. Entretanto, a traição está muitas vezes apenas no pensamento da pessoa que se supõe traída. O adultério é algo muito antigo.

As brigas entre namorados também, mas isso não significa que os homens (seres masculinos), sejam as vítimas. Os homens talvez sejam mais traidores que as mulheres, pois sempre tiveram mais liberdade para isto. Entretanto, caro amigo, a traição acontece quando a união não é satisfatória, quando uma das partes é lesada afetivamente, moralmente, quando a união não foi motivada pelo amor, mas por outros interesses.

Seja no relacionamento de namoro, noivado ou na vida de marido e mulher, o verdadeiro amor sabe ser paciente, porque cada um está interessado em oferecer ao outro o melhor de si mesmo.

As pessoas que se amam andam pelos caminhos da vida, lado a lado, de mãos dadas e de quando em quando param e se olham de frente um para o outro, bem dentro dos olhos. As pessoas que se amam verdadeiramente se falam pelos gestos, pelo olhar, pelo carinho.

Examine bem a situação e verifique se você não está equivocado. Se você ama alguém e este alguém te ama, entendam-se, e unam-se no amor. O verdadeiro amor não trai. Se trai, não é amor.

Sexo e Destino: No Rio de Janeiro de meados do século XX, a trajetória de duas famílias – Torres e Nogueira – se entrelaça em tramas repletas de amor, paixão, vaidade, luxúria e ódio, preenchendo existências de tragédia e favorecendo a concretização de obsessões doentias no espírito de jovens e adultos membros das famílias. Auxiliado pela psicografia de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira, o Espírito André Luiz apresenta o mais denso romance da coleção “A vida no mundo espiritual”, intercalando reflexões sobre amor e consciência, liberdade e compromisso, culpa e resgate, lar e reencarnação, com respostas sobre o relacionamento sexual humano e a consequência das conduta e experiências sexuais do presente em vidas futuras, sujeitas às leis de causa e efeito que podem delinear todo o destino do ser.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

13 Comments

  1. GORETI

    QUEM AMA NÃO TRAI

  2. Michele

    Olá, bom dia!!!Eu acho que meu esposo me traí… Sinceramente estou tão triste que não sei o que fazer. Tenho um filho de dois anos e preciso de uma direção. Ele é um marido muito bom, só que às vezes tem atitudes diferentes comigo!!! Não quero me separar, só que não sei o que fazer!!!! Me ajude por favor?
    Agradeço de coração.

  3. Lua

    Tenho um relacionamento de quase 10 anos recheado de traição. Sempre perdoei por serem passageiras e por acreditar amor que eu sinto. Porém esses últimos 6 meses ele esteve se relacionando com outra pessoa até que eu descobri e ele até propôs namorar as duas… Terminei com ele por não querer aceitar, porque acho moralmente errado… Mais agora ele pediu para voltar, mais uma vez voltei, so que não consigo esquecer essa dor, até tenho pesadelos a noite com os dois, desconfio a todo momento. Quando o questionei sobre o que tinha acontecido ele me disse que ela deixou ele. Estou me sentindo péssima desde então, ele diz que me ama mais será que é amor mesmo? Rezo muito para que eu consiga enxergar a verdade e que eu saiba perdoar, superar e nunca deixar de acreditar no amor, seja com ou sem ele. Sofro só, não tenho coragem de me abrir com amigos, ele não tem paciência para me consolar, meu único consolo são meus irmãos desencarnados e minha fé.

  4. Adriana

    Olá,
    Achei muito interessante o tema abordado acima , e concordo com ponto de vista de que “o amor não trai” fui traída perdoei e dei uma nova chance para meu esposo porém descobri que ele continua a manter contato com outras mulheres, mas percebi que não doeu mais tanto quanto a primeira vez , apenas me deu a certeza que quando a pessoa não quer abrir mão de antigas manias não tem como manter uma relação saudável, mas também descobri que o medo que eu tinha de não conseguir me manter sozinha com meus filhos não existe mais , me descobri mais forte e capaz de recomeçar minha vida sem nenhum arrependimento nem duvida se realmente fiz certo em desistir.
    O espiritismo tem me confortado e me sinto abraçada todos os dias por Jesus e por seus trabalhadores espirituais nas horas mais tristes e difíceis não estou sozinha.
    Agradeço a Deus por permitir que eu passasse por isso para me conhecer melhor.

  5. Gabriela

    Olá Adriana
    Estou a passar o mesmo que vc passou, já descobri diversas traições do meu namorado, moramos juntos, ele sempre diz que vai mudar mas o comportamento continua o mesmo. Agora também já não sinto mais a dor da primeira vez que descobri. Estou buscando forças para sair deste relacionamento falido.
    Espero que você esteja bem. Seu relato me deu um pouco mais de força.
    Abraços

  6. Solar

    Concordo com a essa máxima: Quem ama não trai. Eu estive em um relacionamento por 10 anos. Foi meu primeiro namorado, noivamos e moramos juntos. 1 ano e 3 meses depois de morarmos juntos, descobri de um dia para o outro que ele me traía. No primeiro dia, descobri que me traía desde os primeiros dias do nosso relacionamento com a ex-namorada, com quem manteve um relacionamento de anos, mesmo enquanto a mesma já estava namorando outra pessoa. Isso me doeu amargamente, pois ele era a pessoa em quem eu mais confiava e acreditava ser meu melhor amigo, homem da minha vida e que seria pai dos filhos que tanto desejávamos. Como ele nunca me amou e já estávamos com a relação muito desgastada, não foi difícil fazer com que falasse sobre os outros casos. Traiu-me durante uma década com várias mulheres. Com alguma delas, provavelmente com a ex, chegou a fazer um aborto, isso eu descobri sozinha alguns meses depois. Eu precisei de muita força para aguentar tamanha decepção e dor, mas no meu coração eu sentia que poderíamos dali pra frente termos uma relação saudável, sem as influencias externas que tanto me perturbaram durante anos. Eu perdoei tudo e de coração, mas ele, a essa altura, desejava estar em um relacionamento com outra pessoa, e só estava aguardando terminar comigo num momento propício. Ele a conheceu poucos meses depois que fomos morar juntos e ambos mantiveram contato como amigos bem íntimos que se desejam mutuamente, cada um com o seu respectivo interesse. Ele diz que não me traiu com esta, mas infelizmente não sabe o que significa lealdade, pois tentou conquistá-la durante meses enquanto ainda estava comigo. E enquanto estávamos dando um tempo, engatou num relacionamento com a mesma. O que eu posso dizer a todas que sentiram a dor da traição, é que não vale a pena estender esta dor. O mundo é muito belo para se manter com quem não a quer. Se esta moça não tivesse aparecido na nossa vida, nós estaríamos nos enganando até hoje. Por isso, eu só posso agradecer por terem colocado o instrumento que levaria à nossa separação, por me libertar e fazer com as máscaras caíssem. Por mais que eu o amasse muito, não conseguia me entregar plenamente, pois a infidelidade, mesmo quando oculta, perturba demais um relacionamento, e eu cheguei a adoecer, acumulando dificuldades internas minhas com as dificuldades que eu passava pelo relacionamento e que não compreendia, interiorizando toda a culpa do fracasso desta relação. Enfim, poucos dias depois de descobrir o motivo real da nossa separação definitiva, reencontrei uma pessoa que fez parte da minha vida de uma forma muito especial. Ficamos 13 anos separados, e durante esse tempo ele tentou me procurar (só fiquei sabendo disso quando nos reencontramos), mas sabia que eu estava comprometida e respeitava. E hoje eu posso dizer que eu havia acostumado a viver com a dor, com a opressão que senti durante anos e não sabia o motivo. Viver sem essa opressão no peito me fez ver como somos guiados por um Poder Superior, se eu não tivesse passado por isso, não estaria vivendo uma nova história com um homem que me respeita, e com quem, pela primeira vez, me acho especial de verdade, não sinto estar atrapalhando nenhum relacionamento como eu sentia no início com o meu ex, e sinto estarmos nós dois a aprender as questões que giram em torno de um relacionamento, aprender a lidar com as diferenças, a respeitar, a cultivar esse amor que Deus nos presenteou. Deus é amor, perdão, bondade, vamos aplicar primeiro isso a nossas vidas, assim poderemos analisar se estamos em um relacionamento saudável ou destrutivo. A decisão de perdoar é muito particular, eu gostaria que tivesse dado certo essa minha ilusão com o primeiro amor que tive, mas eu continuaria sofrendo, pois as traições continuariam. No meu caso, foi uma ilusão acreditar que tudo mudaria, que ele aceitaria seu compromisso espiritual, que enxergaria o nosso amor, mas somente tempos depois que pude concluir que nunca houve amor. Precisei viver um amor de verdade para encarar o fato de que amei sozinha no primeiro relacionamento da minha vida. Quem ama não trai.

  7. Karen Gaya

    Estou divorciada há 16 anos e ainda hj sinto tristeza em saber que meu casamento acabou por ele me trair. Estava com cinco meses de gestação qdo sai de casa..isso após 8 anos de casamento.Era a minha primeira e única gravidez. Sei que tb que cometi erros,mas o trauma foi tão grande que não superei até hoje.
    Atualmente,não estou com ninguém..ele já vive há 17 anos com uma mulher e tem uma filha.
    Viviam de aparências..porém nós últimos dias resolveu assumir,com declarações via internet, postando fotos dos dois. E TB resolveu voltar pra igreja evangélica…da qual sempre frequentavam os. Apesar de estar estudando a doutrina..ainda é muito difícil pra mim..pois fico triste com TD essa situação.
    Gostaria de uma.palavra de consolo.
    Grata

  8. Anonimo

    Eu estive dos dois lados! E posso dizer que para mim ser a traidora dói muito mais que de traída. Achei que traindo me sentiria melhor, uma semana depois confessei e terminei meu casamento. Após 18 anos sem vê-lo ainda penso e sonho com ele, eu sei que eu o amei e ainda amo, mas nunca saberei o que ele sentiu por mim.

  9. Passarinha

    Alguém sabe me informar se quando uma pessoa que foi traída no seu casamento, mas, não ficou sabendo, ao desencarnar terá conhecimento do ocorrido?

  10. Tentando melhorar

    Acho que não trair é mais uma questão de respeito por si e pelo próximo.
    Pois muitos que já traíram, amavam seus parceiros, mas só perceberam apos a perda.
    Então o que mais vale em um relacionamento, seja ele qual for (casamento, namoro, amizade…), aquela máxima deve ser lembrada sempre: ”o que estou prestes a fazer, gostaria que fizessem comigo?”
    Se a resposta for sim, siga em frente
    Se a resposta for não, então tem algo errado
    Se a resposta for não sei, pense um pouco mais antes de fazer.

    O respeito não precisa do amor para existir, mas o amor precisa do respeito pra nascer.

  11. Marluce

    Faz exatamente 05 anos que me separei, descobri que estava sendo traída a mais de 10 anos, pois meu ex-marido ja tinha uma filha do outro relacionamento com oito anos e sua amante, agora atual estava gravida de sete meses. Mais isso passou, tentei ser amiga dele, pois temos três filhos. Talvez por vergonha se afastou (ele é Kardecista), toda nossa familia, mais isso deixamos nas mãos de.Deus. Sei que o respeitei por mais de 30 anos de convivência. Peço a espiritualidade superior para me dar sabedoria em continuar orientando meus filhos, é muito mais difícil sozinha. Hj minha eterna preocupação são eles, sinto algo errado no relacionamento do meu filho mais novo, não quero que a historia se repita, mais como orienta-los? Que Deua me dê sabedoria.

  12. Eliene Ferreira dos Anjos

    Boa noite.quando se fala de traicao se vem logo a pesar etre um homem e mulha traindo com ambos .mas se for um casal curjo a traicao e a falsidade e a aparecia pois a mulher esta trabalhando e o marido esta desempregado e finje que se arrependeu de todas as omilhacoes que fez a essa mulher so porque e ela que esta pagando todas sa dispesas .como se chama esse tipo de traicao?

  13. Leia Varges

    Recomendo o programa espião da  https://www.syncsoft.com.br/  ele é excelente, consigo rastrear celular no momento que quero, é sensacional!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).