O Poder das Escolhas

Marcado: ,

 

15105728693_6b3c854f37_b (1)
Imagem por Narman Verma

Mesmo sem perceber somos o tempo todo bombardeados por informações exteriores e padrões cobrados pela sociedade. Diante desses modelos e barreiras que nos induzem a fazer escolhas, será que estamos atentos a elas? Essas atendem ao mundo das aparências ou trazem preenchimento interior ao coração? Afinal temos o poder da escolha.

Desde as simples opções como utilizar o tempo vago até decisões mais complexas como trabalho, relações afetivas, opção sexual, credo, comportamento social, entre tantas outras. Até que ponto somos livres se vivemos em um mundo cercado de tantas regras e movido por um sistema de tradições.

 

O Poder das Escolhas

Segundo o filósofo francês Jean Paul Sartre, “Não há nada que possa eximir o homem da sua condição de ser livre e, consequentemente, da sua condição de responsabilidade diante de seus atos”.

Sobre essa indagação destaca-se o pensamento do apóstolo Paulo de Tarso: “Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém”. Mostrando que a semeadura é livre, mas a colheita obrigatória, como esclarece a Doutrina Espírita em relação ao livre arbítrio.

Essas observações esclarecedoras nos fazem refletir que a maturidade espiritual está diretamente ligada às escolhas de cada um, pois a evolução direciona os caminhos a percorrer, mostrando que conforme evoluímos, nossos gostos buscas e focos de atenção vão modificando.

Embora ainda muito presos a ilusões e formas de escravidão criadas pelo sistema que nos cerca, a luz dos ensinamentos espirituais são capazes de nos despertar para escolhas mais libertadoras.

Sendo o tempo algo tão significativo ao aprimoramento, um questionamento surge, o que estamos valorizando ao fazer escolhas?  Esclarece a questão 785 de O Livro dos Espíritos sobre o maior obstáculo ao progresso: O orgulho e o egoísmo. Nessa resposta encontramos inspiração na avaliação de cada escolha, porque “Além do gozo dos bens terrenos, existe uma felicidade infinitamente maior e infinitamente mais durável”, revelam os espíritos de luz.

Para inspirar escolhas

DVD Nos Passos do Mestre: Reconstruindo Jesus como personagem histórico através de uma análise profunda e racional, Nos Passos do Mestre, aborda passagens que envolvem a vida do Cristo sem o apego a dogmas.

O LIVRO DOS ESPÍRITOS – EDIÇÃO ESPECIAL, ALLAN KARDEC: Em forma de perguntas e respostas, os Espíritos elevados mostram à humanidade como compreender os enigmas da eternidade. Edição comemorativa traz fotos e comentários de O Filme dos Espíritos.

JESUS E A ARTE DE VENCER DESAFIOS: William Sanches nos convida a seguir os passos de Jesus na Terra e entender como a passagem divina e humana do Mestre entre nós pode nos servir de exemplo para vencer adversidades e descobrir a espiritualidade nos acontecimentos mais simples da vida.

EPÍSTOLAS DE PAULO À LUZ DO ESPIRITISMO: O livro Epístolas de Paulo à luz do Espiritismo destaca as recomendações morais do Apóstolo, procurando-se captar a essência das mesmas, com abordagens simples, objetivas e fundamentadas nas obras de Allan Kardec e do Espírito Emmanuel em obras psicografadas por Francisco Cândido Xavier.

 

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

3 Comments

  1. Amanda Ferraes Maquiagem

    Muito bacana! Adorei.
    Obrigada pelas dicas.

    Amanda

  2. Renato

    Data Venia.
    Não existe algo como “opção sexual”. Como a pessoa se percebe não é questão de escolha. Ela não escolhe ser ou não gay, por exemplo. Ela simplesmente nasce do jeito que ela é. Não acorda um dia decidindo ser ou não gay. Muitos morrem por conta disso. Suicídio e auto-mutilação são comuns por não suportarem a pressão de não poderem ser quem são. Uma pressão imposta pela mentalidade intolerante e orgulhosa de uma sociedade doente e não por arrependimento espiritual.
    Esse tipo de postagem só reforça (mesmo que de forma sutil e indireta) um discurso homofóbico que muitas vezes profere coisas como ‘cura gay’. Se homossexualidade fosse questão de escolha, você poderia se arrepender dela e buscar outro caminho. O que vejo é que muitos ditos “espíritas” e muitos centros espíritas propagam esse tipo de pensamento como se a homossexualidade fosse algo maléfico, uma expiação… erro crasso. Amar sobre todas as coisas.
    Mais atenção às mensagens.

    Que Deus os abençoe

Trackbacks & Pingbacks

  1. O Poder das Escolhas - Espiritismo Sem Fronteiras

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).