Gravidez e espiritismo – A visão espirita sobre a gestação

A relação entre o bebe e a mãe é divina, assim como seus laços, que são eternos

É desnecessário explicar a gravidez, pois muito já foi dito sobre o assunto. O objetivo deste texto é discorrer sobre a relações existentes entre a mãe e o feto durante a gestação, além da relação entre a gravidez e espiritismo. Ligados biologicamente a partir do ato da concepção, a mãe e o feto também estão ligados espiritualmente de forma irremediável.

Como a Codificação Espírita explica, nenhuma reencarnação é espontânea e aleatória. Deus é responsável por determinar qual filho nascerá de qual mãe, pois para tudo há uma razão, mesmo que ela não seja clara para a mãe naquele momento.

A ligação entre mãe e filho é tão forte que o feto sabe, mesmo antes de nascer, se é desejado ou não pela mãe. Por isso é importante, até segundo os próprios médicos, aliviar o estresse durante a gestação e evitar conflitos. O útero materno é o lar do bebe e ele precisa de uma casa tranquila.

Em uma palestra de 1998, o palestrante Carlos Roberto dissertou sobre a importância da gravidez dentro do espiritismo. Durante a apresentação Carlos Roberto falou sobre diversos temas dentro dessa ótica, como aborto, má formação, gestação com objetivo de salvar uma vida, entre outros. Recomendamos a leitura, pois é muito esclarecedora. Abaixo, um pequeno trecho da palestra.

Quando Deus, na sua infinita sabedoria, criou o processo da reencarnação, Ele decidiu que nós deveríamos voltar na condição infantil de maneira a permitir que nós pudéssemos receber impressões geradas pela educação dos nossos pais, de tal forma que pudéssemos modificar os nossos passos para melhor. Por outro lado, Deus assim sabiamente procedeu, para permitir que os pais, no contato com a candura e a beleza expressa no rosto da criança, renovassem a própria vida. Sim, principalmente nos dias de hoje em que valores morais importantes estão estremecidos na sociedade, a chegada de uma criança a um lar reaviva a chama de amor do Cristo, aproxima as pessoas de Deus, reanima-as nos projetos de melhora espiritual. Deus sabe o que faz. Deus sabe o que permite. Abençoados são todos os lares que estão recebendo a chegada de um filho neste momento.

Confira alguns livros muito interessantes sobre o assunto:

Saúde das Relações Entre Pais e Filhos: Este livro, é o segundo da coleção Amar é Viver em Família. Tem como objetivo focalizar as disfunções na relação pais e filhos e a maneira de superá-las, tornando esse relacionamento saudável. Veremos, ao longo de suas páginas, várias situações patológicas vividas em família por pessoas reais, embora seus nomes sejam fictícios, e as situações ligeiramente modificadas a fim de preservar a identidade das famílias analisadas. Veremos, ainda, como transformar essas disfunções em oportunidades de crescimento da relação entre pais e filhos.

Pais e Filhos – Uma Relação Complicada: Qual filho poderá retroagir no tempo, apagar capítulos inteiros de sua convivência com os pais e substituí-los por outros melhor elaborados? Aos pais igualmente não é dado refazer pedaços do passado e corrigir equívocos irrecuperáveis. Reflexões sobre as delicadas relações entre filhos e pais tem a capacidade de tornar, tanto pais quanto filhos, mais capazes de mudar as feições no relacionamento pessoal.

Um Amor do Passado: Na adolescência, Mariana engravida de Renato, seu primeiro amor. O rapaz, por sua vez, deixa a cidade depois de tomar conhecimento do fato. A mãe de Mariana busca uma “fazedora de anjos” para pôr fim à gravidez da filha, sem saber que essa atitude desencadearia consequências sérias. Anos depois, Renato reaparece na cidade e traz à tona as lembranças que tanto atormentaram Mariana. Ela agora está casada com José, que desconhece o passado da esposa. Deveria ela contar a verdade ao esposo? Enquanto isso, no invisível, Fernando, o espírito abortado, trama o mal daqueles que impediram seu nascimento.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

22 Comments

  1. Heloisa Endson

    Minha filha está vivendo uma gravidez tubaria, somos espíritas, o feto continua com batimento cardíaco elá tentou o procedimentos conservador estamos abaladissimas hoje soubemos que terá que fazer uma cirurgia pois não conseguiram acesso a trompa e o embrião ainda continua com vida. Nos ajude a entender essa situação segundo a doutrina espírita. Temos consciência que é prova, mas tá difícil por não termos opção quanto a interrupção da vida.

  2. Paula Leite

    Boa Tarde. Gostaria de saber como é a gestação de um espirito de luz como Chico Xavier, por exemplo, como ela é preparada? A gestação se dá da melhor forma ou a mãe sentira o peso de carregar esse ser que possui uma grande missão? Como é possível identificar uma criança especial assim? Obrigada.

  3. SANDRA REGINA RAMOS

    parabens ,apreciei,aprendi e vou ajudar uma companheira que está passando momentos difíceis. obgda.

  4. Edilene Lima

    Boa tarde
    Gostaria de saber se uma pessoa que já está grávida a algum tempo , pode receber uma mensagem psicografada por um espírito avisando sua volta naquele bebê?
    A história é o seguinte a mãe ficou grávida dessa criança e ao nascer ela faleceu, um tempo depois ela engravidou de um lindo bebê menino que está cheio de saúde.
    E hoje ela recebeu esta mensagem de uma amiga que foi ao centro trazendo a notícia que era a menina que morreu que está voltando naquele bebê, a amiga já sabia que rola está grávida. E a psicografia veio assinada pela criança avisando que era tá que está na sua barriga.
    ???????

  5. Lady

    Oi. Meu nome é lady. Dia 3 abr2017 descobri que estava gravida. Apesar de ter tomado a pílula do dia d. Enfim, ontem 2mai2017, durante a ultrassom, constatou-se que estou com 5 semanas e não com 9, como deveria estar e que meu bebê apesar de formado, não está com batimentos cardíacos. O que seria normal nessa idade de 5 semanas, não fosse o fato do feto estar no meio do útero e de eu apresentar sangramento. E essa gravudez corre o risco de não evoluir…ao menos que um milagre aconteça e meu bebê ressuscite….a médica aconselhou refazer a ultrasom quando fechar 6 semanas, independente de haver ou não o aborto espontâneo….ela não aconselha que eu vá pra emergência curetar pois o aborto será forçado….como se estivessemos a espera de que algo mude de fato na sexta semana. Como seria esse caso em que o espírito estando apto a reencarnar, desisti de vir???? Eu quero muito meu bebê. Ja tenho 2 filhos, e infelizmente ja fiz 3 abortos, pq motivos diversos…mas agora sinto tudo diferente…sinto um amor tão intenso, se eu pudesse daria a minha vida por ele….é uma dor inconsolável…entreguei ao único que pode tudo, na esperança de que o mesmo mistério que curoi cegos e aleijados, multiplicou pães e peixes, o mesmo mistério que fertilizou o ventre de isabel, que ressuscitou lázaro apos 4 dias de morto, o mesmo mistério que fecundou maria, possa trazer a vida de meu filho de volta….fazendo seu coraçãozinho bater….
    É errado eu desejar isso?

  6. fernanda

    Olá, Bom dia. Mês passado fui submetida a uma curetagem, por motivo de uma gestação inviável, onde o bebe não desenvolverá. Gostaria de tentar entender sobre o assunto.

  7. marilis braun

    PORQUE EU COMO SIMPLES PESSOA CONSIGO SABER SE UMA PESSOA IRÁ ENGRAVIDAR OU NÃO EU SEMPRE ACERTO GOSTARIA QUE ME EXPLICASSE..OBRIGADO

  8. Lenara

    Oi tenho duas filhas e tive um aborto espontâneo antes de tê-las. Só q minha filha mais velha tem muito ciúme da irmã. Ela é muito nervosa ,sinto q ela tem algo à mais ,não sei explicar ,amo d mais as duas e igualmente,só que ela bate muito de frente comigo e às vezes eu percebo no seu olhar uma cobrança .mas uma cobrança por algo q nao seria dessa vida.queria saber se eu ela tínhamos algo em vidas passadas. Obrigada

  9. ariana gomes mariano

    Bem sonho muito em ser mae e uma coisa que quero muito , ja faz algum tempo que vem tentando e não consigo , teve um tempo que fiquei muito frustada quando todos os meses não acontecia .Hoje penso que tudo tem seu tempo e que as coisas acontecera na hora certa ,, mas as vezes me desespero ,,,,,, fui em um jogo e perguntei se seria mae disse que sim ,,, mas que tudo tem seu tempo e que vai demorar um pouco devo fazer algo para ajudar o tempo a natureza ou realmente tudo tem seu tempo ,

  10. Guilherme Göpfert

    Caso precisem de ajuda podem enviar [email protected]
    Faço parte da Comunidade Espirita Auta de Souza e estaremos a disposição para ajudar
    Grato,
    Guilherme Göpfert

  11. Iaia

    Ola, eu descobri que estou grávida de cinco semanas. Sou espírita desde de criança. Eu nunca, jamais pensaria em fazer um aborto, sei das consequências. Eu tenho apoio da minha família, do meu namorado, que namoro a muito tempo e está muito feliz, de amigos. Mas eu não me sinto feliz e me sinto culpada pois sei que o bebê sente o que eu sinto. Foi um descuido e não queria ser mãe agora, faço medicina e sei que será muito difícil, mas tenho apoio, e não sei pq estou me sentindo assim, não sei o que fazer pra mudar, tenho feito preces mas meu estado de espírito não está elevado.

  12. Marilene Rodrigues da Silva

    Bom dia meu e Marilene já fiz operação invisível pra engravidar mais te agora nada oque faço

  13. Kelly

    Oi… Boa noite!! Tive uma gravidez embrionária e quero entender melhor,segundo o espiritismo!Obrigada!

  14. P

    Boa noite; fiz um aborto não sabia das consequências depois que diz que comecei a ler e ver as consequências espirituais; Mas antes de fazer o aborto li que posso depois ter este mesmo espírito numa próxima gravidez é verdade consigo resgatar está missão novamente?

  15. Poli

    Bom, vou responder o que sei de acordo com algumas perguntas aí em cima , o espiritismo é contra o aborto em qualquer situação exceto se a mãe Tb correr risco aí tem q optar por uma vida ou outra. Quem já abortou deve rezar muito por esse espírito pois ele pode te atormentar nessa vida ou após o desencarne , pra amenizar isso deve praticar caridade , por ex doe seu tempo indo visitar orfanatos, dando tempo e carinho para essas crianças ou adote uma … seria mais ou menos isso .

  16. Valeria Gomes

    Boa tarde o meu filho namorou por muito tempo uma moca no dia que ele desencarnou foi no mesmo dia que ele descobriu que seria pai,, ele engravidou a namorada nos últimos dia de vida dele o dia mais horrível da minha vida foi o mesmo dia que descobri que seria avó que pra mim foi uma bênção sabe q meu filho deixo um pedacinho dele pra mim cuida

  17. Carla

    Perdi meu BB com 31 semanas ele parou de mexer fui ao PS e lá foi constatado que estava sem os batimentos. Li que o feto sente quando é desejado. Meu filho não foi planejado mas assim q descobri ele foi muito Amado. Tem 2 meses q isso aconteceu eu sofro muito pois acho q não fui forte o suficiente p segura-lo em meu ventre. Pq isso aconteceu? Não entendo.
    Será se esse espírito q se foi tão cedo pode voltar p os meus braços?

  18. Jessica freitas

    Eu engravidei , não queria ter engravidado , eu não amo o pai do meu filho , o pai não quer assumir a criança e nem quer que ninguém saiba que ele vai ser pai , como se explica esses casos na espiritualidade ? Como o feto pode escolher país assim separados ? ???? Sou cheia de dúvidas e de culpa e vergonha precisava mt de uma ajuda no momento

  19. carolina

    tive uma gravidez nao planejada e chorei muito no começo por nao aceitar, mas com o tempo aceitei e desde o nascimento de minha filha a amo incondicionalmente e seria capaz de tudo por ela, um amor que me corroi, porém sinto que ela me rejeita, nao é carinhosa e prefere sempre a avó. Falo do meu amor e o demonstro o tempo todo, porem sinto uma culpa enorme por essa rejeicao. Como posso reparar esse dano e fazer com ela se sinta amada e me ame tambem?-

  20. Solange

    Eu engravidei , não queria ter engravidado , eu não amo o pai do meu filho , ele tem um relacionamento acabado e três filhos , não tenho interesse de ficar com o pai, como se explica esses casos na espiritualidade ? Como o feto pode escolher país assim separados ? ???? Sou cheia de dúvidas e de culpa e vergonha precisava muito de uma ajuda no momento. Estou triste e depressiva.

  21. Solange

    Eu engravidei , não queria ter outro filho , eu não amo o pai do meu filho , ele tem um relacionamento acabado e três filhos , não tenho interesse de ficar com o pai, como se explica esses casos na espiritualidade ? Como o feto pode escolher país assim separados ? ???? Sou cheia de dúvidas e de culpa e vergonha precisava muito de uma ajuda no momento. Estou triste e depressiva.

  22. Larissa

    Eu também engravidei do segundo filho. Uma gravidez inesperada de outro pai que eu não tinha relacionamento tô de 14 semana não sei se o sentimento é de amor não tenho coragem de tirar mas não sei se vou amar não sei me sinto muito pra baixo deprimida não quero que ele sinta isso mas não sei lidar com isso espiritualmente tô perdida tbm

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).