Umbral você tem medo de ir para lá?

Marcado: , ,

Umbral

Umbral você tem medo?

Esse é um medo muito comum até entre os espíritas,  um assunto que gera muitas dúvidas e temores. A principal ideia que se tem sobre o Umbral é de um lugar sombrio e de sofrimento, assim como o purgatório ou inferno descritos pelo catolicismo

Muitos já ouviram falar do Umbral não é? Encontramos descrições em obras espíritas como na série de livros de André Luiz como Nosso Lar, obra que inclusive foi adaptada para os cinemas, mostrando entre suas cenas a passagem do espírito André Luiz pelas regiões umbralinas.

A principal ideia que se tem sobre o Umbral é de um lugar sombrio e de sofrimento, assim como o purgatório ou inferno descritos pelo catolicismo


O que diz o Espiritismo

À luz do espiritismo encontramos importantes explicações sobre o Umbral, não como um lugar, mas um estado de consciência ou de vibração.  

Fluido é um dos estados da matéria, como descreve o livro A Gênese, no capítulo sobre fluido cósmico e fluido vital. Diz ainda: “ Os espíritos atuam sobre os fluidos espirituais, não manipulando-os como os homens manipulam os gases, mas empregando o pensamento e a vontade”.

Compreende-se a partir desses conhecimentos que os pensamentos aglomerados de diversas mentes em uma mesma sintonia formam fluidos mais pesados e consequentemente uma atmosfera espiritual mais densa, descrita pelo espírito André Luiz por regiões sombrias do mundo fluídico espiritual.

Na introdução de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec esclarece: “ Os Espíritos exercem sobre o mundo moral e mesmo sobre o mundo físico uma ação incessante. Agem sobre a matéria e sobre o pensamento e constituem uma das forças da Natureza… “

Em o Céu e o Inferno explica Allan Kardec: “A alma ou Espírito sofre na vida espiritual as consequências de todas as imperfeições de que não se libertou durante a vida corpórea. Seu estado feliz ou infeliz é inerente ao grau de sua depuração ou das suas imperfeições”.

Embora saibamos que o desencarnado seja atraído após a morte para ambientes mentais similares à sua vibração espiritual, não se pode esquecer que na misericórdia de Deus quando há  arrependimento e o desejo verdadeiro de mudança, sempre há benfeitores dispostos a auxiliar os espíritos em sofrimento que buscam por socorro.

Como buscar ajuda  

Seja no plano material ou espiritual para melhorarmos o nosso padrão vibratório é necessária a vontade sincera de mudança de pensamentos e sentimentos que aprisionam a estados mais pesados como o orgulho, a vaidade, o ódio, o apego excessivo à matéria e tantos outros fruto das imperfeições morais que carregamos durante tanto tempo.

Então se temos dentro de nós o medo de ir para o umbral após a morte, o trabalho de reforma íntima deve começar enquanto encarnado. O aprimoramento moral deve ser nosso grande objetivo.

E complementa: “A moral dos Espíritos superiores se resume, como a do Cristo, nesta máxima evangélica: Fazer aos outros o que quereríamos que os outros nos fizessem, ou seja, fazer o bem e não fazer o mal…”.

Nos assegurou Jesus como caminho para renovação que necessitamos para a nossa transformação: “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. Que possamos ir em busca dessa luz capaz de alimentar nossa alma e descortinar novos horizontes, além da matéria.


Sugestões para leitura

Nosso Lar – Chico Xavier: Nosso Lar não é o Céu; é mais um hospital, uma escola, uma zona de trânsito. Mas nos permite antever o Mundo Espiritual que nos aguarda, quando abandonarmos o corpo carnal pela morte física.



Uma Partida de Amor – Eurípides Kühl:
Diante de Justus, o supremo mandatário de um tribunal que não absolve ninguém, Leônidas desfecha, contra si mesmo, um golpe fatal: envolve-se em dramática obsessão, que o arrastará a terríveis comprometimentos.

Ação e Reação – Chico Xavier / André Luiz

Com psicografia de Francisco Cândido Xavier, Ação e reação descreve regiões inferiores da esfera espiritual e o sofrimento que atinge uma consciência culpada, após a morte do corpo físico, além de apresentar orientações sobre o débito aliviado, os preparativos para a reencarnação,os resgates coletivos e o valor benéfico da oração

.

.

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).