Como conversar com o seu anjo da guarda?

Marcado: , , ,

Antes de pensar em como conversar com o seu anjo da guarda é preciso entender  qual é o papel desse espírito protetor e grande amigo em nossa vida.


De acordo com o espiritismo o nosso anjo da guarda, ou melhor, mentor, se trata de um espírito mais evoluído que seu tutelado, designado para nos acompanhar, ajudar e proteger durante o nosso período de reencarnação na Terra.

Comenta Allan Kardec na Revista Espírita de 1861: “Todos têm um Espírito que os dirige para o bem, quando sabem escutá-lo. Pouco importa que alguns se comuniquem diretamente com ele por uma mediunidade particular e que outros não o ouçam senão pela voz do coração e da inteligência. Nem por isso ele deixa de ser o seu Espírito familiar que os aconselha”.

Como explica a questão 491 de O Livro dos Espíritos, qual é a missão do Espírito protetor? “ A de um pai para com os filhos: conduzir o seu protegido pelo bom caminho, ajudá-lo com os seus conselhos, consolá-lo nas suas aflições sustentar sua coragem nas provas da vida”.

Mas embora tenham como missão nos inspirar e nos guiar no melhor caminho, importante ressaltar que não possuem o poder de escolher por nós, nem mesmo interferir em nosso livre arbítrio. 

Mas voltando a pergunta inicial de nosso artigo. Como conversar com o seu anjo da guarda?  Partindo do princípio que nossos mentores são espíritos mais evoluídos que nós, o primeiro passo é buscarmos elevar nossos pensamentos para que consigamos entrar em sintonia com esses espíritos, pedindo proteção, inspiração e coragem em todos os momentos de nossa vida para que sejamos capazes de fazer as melhores escolhas. 

E para que esse contato aconteça não são necessárias palavras decoradas ou frases feitas, mas que expressemos nossos sentimentos mais sinceros. Mas caso sinta alguma dificuldade nessa conversa direta e franca, encontramos ao final de O Evangelho Segundo o Espiritismo uma coletânea de preces para diferentes ocasiões, dentre elas a oração aos guardiões e aos espíritos protetores,  que diz em uma de suas sublimes palavras: “ “Esclarecei a minha consciência com relação aos meus defeitos e tirai-me de sobre os olhos o véu do orgulho, capaz de impedir que eu os perceba e os confesse a mim mesmo”.

Essas palavras enfatizam um outro passo importante para nos aproximar de nosso anjo da guarda, a humildade de reconhecer erros e buscar corrigir as más condutas e maus pensamentos que nos afastam dos bons amigos espirituais.

Ao abrir seu coração com humildade e gratidão a esse grande amigo que zela por nós e oferece sua preciosa sustentação diante das provas e obstáculos, estaremos prontos para nos conectar ao nosso anjo da guarda, buscando auxílio do alto. 

Nos lembrando sempre da recomendação de Jesus, que trata sobre o poder da oração, mas ao mesmo tempo nos chama a atenção para a vigilância de nossas ações: Vigiai e orai, para não cairdes em tentação”. 

Que possamos refletir sobre essas recomendações do Mestre e nos aproximar cada vez mais  pelos fios do amor dos amigos espirituais que nos inspiram e torcem sempre por nós e pela nossa evolução. 

Sugestões para ampliar seus conhecimentos 

Divaldo Franco Responde Vol.1 : ANJO DA GUARDA para o Espiritismo – requisitos para ser anjo da guarda – anjo da guarda e o resultado de seu trabalho – proteção de forma ostensiva – pedidos para o anjo da guarda – alcance da atuação do anjo protetor – protegido rebelde – anjo da guarda e obsessão – dialogar com o anjo da guarda

Amparadores do Invisível – Christina Nunes

O que é um amparador? Como atingir esse nível? Um amparador é um mentor espiritual que superou a barreira do amor egoísta e aprendeu a dedicar ao tutelado no plano físico o amor fraternal.

DVD – Instruções Psicofônicas & Vozes do Grande Além

Chico recebe mediunicamente mensagens de Emmanuel, André Luiz, Batuíra, Meimei, Cairbar Schutel, Teresa d’Ávila, Guillon Ribeiro, Leopoldo Cirne, Augusto dos Anjos, entre outros espíritos 

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).