Luto: Como lidar com as perdas

Marcado: , , , ,

Imagem: Unsplash (Ben White)

Luto de acordo com o dicionário significa: “Profundo pesar causado pela morte de alguém. Sentimento gerado por perdas co mo separação, partidas ou rompimentos”.

O grave momento que temos vivido com a pandemia e suas tristes consequências tem trazido cada vez mais à tona a questão do luto e como lidar com as perdas desse sentimento tão difícil de encarar. Estamos vivendo um processo de luto individual e coletivo de grandes proporções.

Embora o luto esteja intensamente ligado a esse período de imensas perdas, elas sempre fizeram parte de nossas vidas. Seja o luto causado pela perda de um ente querido, de um emprego, de uma separação, a perda da liberdade ou de algum sonho.  A esse processo de algo que nos foi tirado se designa a palavra luto, seja em maior ou menor intensidade.

Como dizer adeus e aprender a lidar com as perdas dolorosas

É claro que cada um lida de uma forma diferente, mas as perdas causam dor, sofrimentos e muitas vezes, um sentimento de medo e impotência. 

Define o psiquiatra britânico e autor de diversos livros sobre o tema luto, Colin Parkes: “o luto é o preço que se paga pelo amor, por uma vida feliz e pode ser um momento para recriar a própria história”.

Deusa Samu,  comunicadora da Rádio Boa Nova, psicóloga pós-graduada em Tanatologia, estudo científico da morte, explica que o primeiro passo deve ser identificar o que se sente, validar o seu sentimento e depois buscar se acolher.

Indo além, Deusa ainda enfatiza um pensamento do espírito Emmanuel pela psicografia de Chico Xavier que merece reflexão: “Se não compreenderes a dor do teu irmão, fatalmente terás que passar por ela”. 

Nesse pensamento de Emmanuel, assim como na Doutrina Espírita, encontramos respostas que podem nos ajudar muito a administrar melhor nossas dores com o entendimento que a vida continua além do túmulo, sendo o espírito imortal e a morte uma passagem para a pátria espiritual. 

Esse consolo não nos imuniza do sofrimento, mas nos oferece amparo e mais compreensão sobre os acontecimentos e partidas, sem revolta. 

Além do luto individual que cada um vivencia em algum momento da vida, não podemos esquecer jamais de olhar também a dor do próximo, sermos solidários, ajudando sempre que possível, porque quem vive a perda necessita de uma palavra de carinho sem julgamentos. 

Em meio às dores das perdas, mais do que nunca, é tempo de fortalecer a fé e a confiança em Deus que é misericórdia e amor e jamais nos desampara,  compreendendo que para tudo há um propósito maior e um aprendizado, que aparentemente muitas vezes não entendemos no momento. 

No recolhimento do seu ser busque a oração em favor daqueles que partiram.

 “As preces pelos Espíritos que acabam de deixar a Terra não objetivam, unicamente, dar-lhes um testemunho de simpatia: também têm por efeito auxiliar-lhes o desprendimento e, desse modo, abreviar-lhes a perturbação que sempre se segue à separação, tornando-lhes mais calmo o despertar(O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 28).

Que possamos extrair em cada aprendizado as lições necessárias ao nosso progresso espiritual!

Leituras que podem lhe ajudar nos momentos de sofrimento

Luto, Trato & Retrato – Márden Hott

Até que a morte nos Reúna – Adeilson Salles

Educação para a Morte – Herculano Pires

A Viagem – Ivani Ribeiro e Herculano Pires

Admirável Mundo Em Que Vivemos – Wilson Czerski






Gostou? Compartilhe com seus amigos:

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).