A reencarnação: o que é, mitos e como funciona

Como funciona a reencarnação?

Vamos começar a explicação com um mito. A grande maioria das pessoas acredita que a reencarnação funciona de forma hereditária, ou seja, o avô que morreu nascerá como filho da neta ou de uma sobrinha-neta. Embora isso possa de fato acontecer, a reencarnação dentro de um círculo familiar não é uma regra absoluta.

Segundo o Livro dos Espíritos, que faz parte da Codificação Espírita feita por Allan Kardec, a reencarnação pode acontecer obedecendo aos critérios como por exemplo a expiação, prova ou missão. Essa reencarnação pode acontecer, ou não, obedecendo a laços afetivos.

Para exemplificar a prova e a expiação vamos usar o suicídio.

Como funciona a reencarnação

A cada nova reencarnação ele teria como objetivo desencarnar de forma natural, sem tirar a própria vida. Como todo espírito é dotado do livre-arbítrio, a pessoa pode desistir da prova no meio do caminho caso a mesma seja muito penosa, ou seja, se matar. É importante observar, entretanto, que assim como em uma escola normal, a pessoa que falha em um teste, ou uma prova, precisa fazê-la novamente. No caso, a reencarnação seguinte, ou uma próxima, teria novamente a prova como obstáculo a ser vencido.

Já a expiação é compulsória. Quando o espírito já não tem mais condições de vencer por conta própria um obstáculo, ou seja, ele falhou em todas as tentativas de prova, há então uma reencarnação compulsória de expiação. Dentro do exemplo do suicídio seria o caso de uma pessoa que nasce sem braço, sem pernas ou com uma deficiência intelectual (é importante observar, e de forma bem veemente, que nem todo deficiente está em expiação). Neste caso, a pessoa não tem meios físicos para se matar e terá sempre uma outra pessoa zelando por ela, cuidando de sua vida, impedindo assim com que ela se suicide. A expiação é a reencarnação forçosa, com objetivo de interromper um ciclo sem fim.

Existem relatos dentro do Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz, que é destinada ao cuidado de pessoas com deficiência intelectual, associada ou não à deficiência física, sobre pacientes que estão em um momento de expiação. Caso tenha interesse, sugerimos a leitura de três livros que consideramos muito interessantes: Mundo Paralelo – A Trajetória de Uma Mãe, Quando Os Lírios Voltarem a FlorirUma Vida Excepcional Casa Três.

A reencarnação por missão tem por finalidade ajudar alguém ou um grupo de pessoas. Um espírito pode encarnar novamente unicamente para ajudar outro espírito a atravessar uma prova ou uma expiação, ou ele pode nascer para fomentar um sentimento, como o da caridade, em um grupo de pessoas. Veja aqui o que o Livro dos Espíritos diz a respeito da reencarnação.

Existem outras finalidades para a reencarnação, como a convivência em família (irmãos, pais, etc) entre dois espíritos com diferenças e antipatias muito fortes. O amor de Deus é tão grande que para facilitar a reaproximação de dois inimigos em vidas passadas ele os faz nascer na mesma família, para que o amor fraternal sobreponha as diferenças, facilitando assim a evolução dos espíritos e seu engrandecimento.

Sendo assim, qual o objetivo final da reencarnação? Simples. A progressão e o melhoramento dos espíritos e assim, necessariamente, de toda a sociedade. Caso queira ler um romance que tenha a reencarnação como pano de fundo, sugerimos o livro Nem Tarde, Nem Nunca. É imperdível!

Nem Tarde, Nem Nunca, um romance que traz uma reflexão à reencarnação e a lei de causa e efeito. Ditado pelo espírito de Maria Rosas Carvalho psicografado por Amarílis de Oliveira o livro conta uma história de amor e ódio. Num acampamento de pesquisa arqueológica, uma aparição. Poucos a veem, alguns sentem medo, alguns raiva e outros o desejo de ajudar. Mas como auxiliar um fantasma? Será o passado agindo no presente? Mas o desejo de ajudar é maior, e assim se criam condições para que muitas coisas aconteçam. Leitura rápida e cativante, com um toque espiritualista. Um romance intrigante!

Gostou? Compartilhe com seus amigos:

5 Comments

  1. Ana Lúcia

    Como sabemos que um membro de sua família, possa ser uma reencarnação???
    Gostaria de mais esclarecimentos…

  2. Regina

    Muito bonito mas não posso acreditar. Como serei várias pessoas? Afinal no juízo final serei quem?

  3. siderurgio virginio costa

    Muito interessante .Quero me aprofundar mais nos estudos espirita

  4. José Walter

    Cara Regina. Não existe juízo final, somos espíritos imortais. O que existe é uma análise e profunda reflexão após nosso desencarne sobre nossa atuação na última vida corporal.

  5. irineu

    oi

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado e nem divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com o asterisco (*).